O pequeno-almoço de um crudivoro :)

Bom dia a todos! :)

Para responder a muitas perguntas que usualmente me fazem sobre o pequeno-almoço, decidi escrever um post a dar um exemplo de uma manhã.


Quando me levanto, a primeira coisa que costumo fazer antes de qualquer outra coisa é ir à cozinha preparar uma água morna (não mais do que o dedo possa aguentar) e acrescento o sumo de meio limão. Para ser ainda mais benéfico, pode-se também acrescentar uma pitada de pimenta de caeina e/ou umas gotinhas de azeite extra virgem. A pimenta vai estimular o organismo e as gotinhas de azeite amaciar o figado. Sendo esta água a primeira coisa que se bebe pela manhã, depois do jejum da noite, vai ajudar o corpo a libertar as toxinas alojadas no intestino e só tenho que esperar no máximo até 15 minutos até ir à casa de banho.
Desta maneira, o meu corpo está limpo e fresco para começar um novo dia.
Por isso a importância do pequeno-almoço porque o corpo depois de ter estado 7/8 horas em jejum vai estar pronto e receptivo pela manhã e àvido para absorver de imediato tudo aquilo que comemos.
Desta forma é de extrema importância que o alimento ingerido seja o mais rico em nutrientes e se puder ser energético, melhor ainda ;) para nos deixar prontinhos para um dia em cheio!

Na noite anterior, deixei de molho 1/2 chávena de sementes de canhâmo com 2 chávenas de água. Estas sementes vão servir para fazer o leite de canhâmo e esta receita que agora partilho pode servir para fazer qualquer leite de sementes (amendoa, sementes de sesamo, etc).







Então, as sementes fica de molho +- 8 horas com o dobro da água. Para quem gosta do leite um pouco mais docinho pode colocar de molho com as sementes 2 tâmaras retirado o caroço.
Passadas as 8 horas passa-se as sementes com as tâmaras num passador debaixo de água corrente. Coloca-se depois numa liquidificadora com +- 1 litro de água. Liga-se a maquina durante 1 minuto e vai começar a ver um liquido branco a formar-se. Depois do tempo, desliga-se e se tiver um tecido para drenar ou um passador fininho, vai "ordenhar" aquela mistura. :) A polpa vai ficar de um lado e o liquido de outro. É a bebida dos deuses! Deliciosa, deliciosa! Eu costumo colocar o leite numa garrafa de vidro fechada e coloco no frigorífico e dura +- 5 dias. Este leite pode ser bebido assim ao natural ou misturado em tudo onde utiliza o leite normal.

Encontrei na net isto: "As sementes de cânhamo têm uma proporção de ómega 3 e 6 ideal para a saúde humana. São igualmente ricas em minerais e em aminoácidos essenciais, o que as torna numa fonte completa de proteínas. Pela sua riqueza nutricional podem mesmo ser consideradas um super alimento da natureza.
O leite de cânhamo é, por isso, uma bebida muito rica em aminoácidos essenciais e em ácidos gordos ómega 3 e 6."

Fantástico, não é?

Eu utilizo o leite de canhâmo no meus sumos verdes e partilho de seguida uma receita de um sumo que fiz recentemente.

Sumo verde rico e energético


2 Folhas de alface
2 talos de aipo com rama
4 folhas da beterraba
2 maçã pequeninas
1 pessego pequeno
1 colher sobremesa de gengibre fresco cortado fininho
2 copos de leite de cânhamo
1 colher sobremesa de Clorela em pó Iswari *
1 colher sobremesa de açai em pó Iswari *

2 colheres de trigo sarraceno germinado (opcional)
1 pitada de canela

Nota: o trigo germinado faz com que o sumo tenha mais a textura de uma sopa. Ultimamente tenho apreciado muito comer o pequeno-almoço num prato de sopa com uma colher. Para quem tem menos tempo pode deixar de lado o trigo sarraceno germinado que fica delicioso e nutritivo à mesma.
Como germinar o trigo sarraceno: deixar de molho 1 chávena 8 horas em dobro de água. Depois escorrer a água e deixar no escorredor por mais 8 horas. Depois passar por água e deixar novamente no escorredor por 8 horas. Depois verá um pequeno rabinho a nascer da semente. Ela está pronta para ser consumida. É muita para incluir nos sumos, nas sopas, etc...

Colocar primeiro as frutas e o leite de cânhamo na liquidificadora e coloca-la a trabalhar. Depois de estar tudo bem misturado, colocar tudo o resto e ligar a maquina novamente. Verifiquem que tudo fica bem msiturado. Se virem que bocados se juntam nas paredes da máquina, desliguem-na e com uma espatula, coloquem tudo para baixo mais junto da lãmina.

Depois é só colocar num prato de sopa ou copo (como preferirem) e eu gosto ainda de polvilhar com um pouquinho de coco ralado. Fica divinal! :)





Nota Extra *: a Clorela e o Açai são super alimentos. Super alimentos são alimentos que possuem propriedades únicas nutricionais e medicinais em abundância num só e mesmo alimento.


A clorela é uma alga microscópica de água doce rica em proteínas. Ela promove a desintoxicação do organismo, fazendo sair inclusive metais pesados e tóxicos, como chumbo e mercúrio; repõe micros e macronutrientes; é riquíssima em vitaminas do complexo B, sobretudo B-12; é rica em todos os aminoácidos essenciais e aumenta a oxigenação celular.

O açai para que não conhece, é um fruto(baga)do Brasil que vem de uma palmeira que cresce na Amazónia, é o anti-oxidante numero 1 no mundo. Ajuda na regeneração muscular, dando força e resistência. É benéfico para a função metabólica (transformação dos alimentos no corpo), para os músculos e ossos, fortalecendo o sangue. Tem alto teor de antocianinos (antioxidantes) 15 a 30 vezes mais que o vinho tinto. Combate o envelhecimento prematuro e previne sérias doenças degenerativas. Ajuda nos problemas da próstata e a controlar o colesterol.

Nota Extra 2: O trigo sarraceno hoje em dia é fácil de encontrar em qualquer érvanária ou loja de produtos naturais.

Os super alimentos a empresa portuguesa Iswari tem uma gama muito variada de produtos. O site www.iswari.net vai em breve estar online. Se entretanto, estiverem interessados podem sempre enviar-me um email que eu terei todo o gosto em vos enviar o seu catálogo.

Tudo de bom e bom apetite!

2 comentários:

borboleta africana disse...

Bom dia

é possível utilizar o trigo sarraceno moído em processadora)em cereais de pequeno almoço, só com leite vegetal morno sem cozinhar?

Obrigada

Comida Viva disse...

Olá Borboleta, da minha experiência nunca utilizei o trigo sarraceno sem ter um tipo de "cozedura" seja através de colocar de molho em água durante algumas hora ou processado e depois incluido numa receita onde essa farinha é depois "cozinhada", como por exemplo em panquecas. Os crudivoros utilizam também o trigo sarraceno moido no processador mas anteriormente este foi demolhado e germinado e de seguida secado no desidratador. Os grãos ficam muito crocantes e ideias para serem comidos ao pequeno almoço.
Espero ter respondido à sua questão. Tudo de bom, :*